Rússia libera exportações de carne bovina brasileira

O Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia (Rosselkhoznadzor) publicou em seu site, a informação referente à liberação de dois estabelecimentos brasileiros exportadores de carne bovina: Mataboi (SIF 4029), em Goiás, e Marfrig (SIF 1751), no Mato Grosso.

Os dois estabelecimentos estavam com restrição temporária desde 2011 e, a partir da data de hoje, podem voltar a exportar carne bovina para a Rússia. As autoridades russas autorizaram as importações desses dois frigoríficos tendo por base documentos enviados pelo Ministério da Agricultura ao país. As informações demonstraram correção nas falhas apontadas pelo serviço sanitário russo há dois anos.

Em outubro, os russos já haviam liberado outros seis frigoríficos brasileiros para exportarem carne bovina ao país europeu. Segundo o secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura (SRI/Mapa), Marcelo Junqueira, isso fará com que o abastecimento russo seja reforçado.

A Rússia manteve-se como o segundo principal parceiro comercial no segmento de carne bovina, com 74 mil toneladas negociadas – respondendo por fatia de 22,6%. Os embarques à Rússia renderam US$ 293 milhões no primeiro trimestre.

Já para a União Europeia foram destinadas 30,4 mil toneladas do produto no primeiro trimestre. A Abiec não informou a receita obtida pelos frigoríficos brasileiros com as vendas para o bloco europeu.

Para aproveitar essa grande demanda, tenha em sua empresa balanças e indicadores com alta tecnologia. Além da qualidade e total garantia, e as balanças são 100% nacionais e todas certificadas pelo Inmetro (ISSO 9001-2008 e ISSO/IEC 17025-2005).

Balança de plataforma B650

Fonte: Monitor Mercantil/ Olhar direto